165 anos de Queimado: a luta não pode cessar

Imagem

O deputado Roberto Carlos teve um artigo publicado nesta quarta-feira (19), no jornal A Gazeta, página 17. O texto fala sobre a Revolta do Queimado e a importância da luta atual, por uma sociedade mais justa para todos os brasileiros.
Confira a íntegra do artigo.

165 anos de Queimado: a luta não pode cessar

Há exatos 165 anos tinha início a maior resistência negra no Espírito Santo contra a escravidão, a Insurreição do Queimado, ocorrida na Serra. Uma data importante a ser lembrada, já que a luta pela liberdade naquele episódio remete aos dias atuais, quando nos deparamos ainda com o preconceito e o subjugamento impostos à população negra em nosso País.

Ao longo desses anos, há conquistas expressivas, como a criação do Estatuto da Igualdade Racial; a previsão constitucional que torna o racismo crime inafiançável e imprescritível; a adoção de políticas afirmativas; a inclusão da cultura afro-brasileira no histórico escolar; e a criação de conselhos e instâncias para discutir e adotar ações de reconhecimento da identidade.
Mas há ainda muito a ser feito para conscientizar a totalidade da população sobre a necessidade de condições isonômicas e o respeito a todos os seres humanos – uma demanda latente, percebida em diversos meios em nossa sociedade.

Na internet, são comuns comentários carregados de racismo e perversidade. No noticiário, vemos casos de hostilidade e ofensas atribuídas à cor da pele destinadas a jogadores e juízes de futebol; nos surpreendemos com negros presos por crimes não cometidos; ou com a uma mulher que pede que a manicure negra se retire do salão de beleza porque sua presença a incomodava.
Além de casos pontuais, os números refletem a necessidade de uma maior inserção da população negra, que ainda tem salários em média 60% menores; adolescentes negros têm 3,7 vezes mais chances de serem assassinados; e, dos universitários que concluíram o ensino superior em 2010, apenas 6,13% são declaradamente pretos ou pardos.

É necessário que cada um de nós se engaje para tornar a sociedade brasileira mais igualitária para nossos filhos, sejam eles negros, pardos, índios, brancos ou amarelos. É com justiça e equilíbrio entre as raças que alcançaremos um País de reais oportunidades para todos. A Insurreição de Queimado nos convida para esta reflexão e mostra que somos aguerridos para isso!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Ação Parlamentar, Atividade Parlamentar, Brasil, Cidadania, Cidade, Comunicação, Direitos Humanos, Educação, Espírito Santo, Eventos do Mandato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s